Arquivo de novembro, 2011

Sem tirar e nem por

Publicado: novembro 23, 2011 em Contingência

Essa música nunca é demais.

Para os apreciadores, vale botar o fone e prestar atenção nas nuances, a hora que o baixo entra, o limãozinho chacoalhando, o piano do final…

Porque há coisas excelentes nessa vida. Simples assim.

::

EP

Family Tree

Publicado: novembro 22, 2011 em Contingência

Pois é, o TV on the Radio tá vindo pro Lollapalooza Sampa 2012.

O TV é simplesmente uma das MAIORES bandas da atualidade. Não tem limites, não tem padrões. Não há classificações. O compromisso deles é com a música. Música boa. Sem entraves.

Aqui vai uma bela canção deles sobre a família, afinal, essa é a coisa mais importante das nossas vidas. A família dos parentes –  pais, irmãos, avós, tios e primaiada. Coisa boa, sem tirar nem por. E também aquela família que escolhemos, amigos e amigas.

Um beijo!

::

Eduardo Pastore

SWU – O show que eu não fui

Publicado: novembro 15, 2011 em Contingência

Não se pode ter tudo nessa vida. Perdi o Black Rebel Motorcycle Club no SWU, ontem.

A gente se encontra na estrada, bastardos.

::

::

Eduardo Pastore

O rock bege na África do Sul

Publicado: novembro 1, 2011 em Contingência

Li em algum lugar que o Coldplay é o Rei do rock Bege.

E em cerca de 10 meses sem ir a um show, o que me aparece por aqui:

Show do Coldplay, lógico!

Aqui em Joanesburgo – África do Sul (umas 8 horas de carro de Maputo-Moçambique, onde moro atualmente)

Bueno, não sei se foi a abstinencia de shows ou se o  Bege, as vezes cai bem mesmo…

Coldplay no SoccerCity, isso o estádio da final da Copa 2010

Mas o que mais me marcou, foi o “processo” e a experiência de:

– ir, ver e voltar do show

Completamente diferente dos “processos” experiências que tive com os shows no Brasil

Bem melhor aqui!

Primeiro, poderiamos ter chegado de ônibus ou trens que partiam de vários lugares da cidade, sem stress.

Junto com a galera que veio de Maputo comigo, recusamos a oferta segura dos ônibus e trens seguros e pré estabelecidos

Decidimos tentar a sorte contra um possível transito e arriscamos ir de com carro que alugamos

Olha no que deu:

Tivemos que esperar o show tomando uma cervejinha gelada, ouvindo um som de buenas, com a vista do SoccerCity e do por do sol…

Cara, pra quem já teve de pegar uns 2 ou 3 busões pra chegar na Chacara do Jockey e na volta esperar até 3 da manhã por um taxi, a experiência do show em Joanesburgo foi surreal!

Bom, ta certo que esses 3 busões e as incontáveis horas pra pegar o taxi pra voltar foram pra ver o Radiohead em Sampa, melhor que show da minha vida…

Então eu até poderia ter apanhado da cavalaria da PM e ainda assim teria valido a pena…

Pra fechar o clipe de Paradise, que teve uma parte gravada no show.

A música é do novo album deles: Mylo Xyloto. Das faixas que ouvi, é bem bom até…

Pera aí…

É bom sim, mas é bege…

Vida longa ao Coldplay, vida longa ao Rock Bege!

::

Márkel Oliveira

 

 

 

20 anos de Achtung Baby

Publicado: novembro 1, 2011 em Contingência

Descobri no (excelente) site do Lúcio Ribeiro, que publicou uma mini-série de posts sobre o aniversário de duas décadas deste álbum expoente do U2.

A série aborda a história do disco, e vem acompanhada de grande notícia – uma homenagem aos 20 anos. A revista “Q”  resolveu chamar uma trupe de roqueirões para refazer o Achtung Baby, f a i x a-a-f a i x a. Tem Nine Inch Nails, Damien Rice, Garbage, Jack White.

Por aqui, vamos de The Killers, na versão para “Ultraviolet”. Da primeira vez que ouvi, pensei, “ih, zoaram a parada”.

Agora que estou na MILIONÉSIMA vez que escuto, não sei como vou fazer para dormir.

Boa noite.

::

Eduardo Pastore