Arquivo de agosto, 2011

Little Numbers

Publicado: agosto 30, 2011 em Contingência

::

Por Cecília Lindgren

For all I know of you know

Publicado: agosto 30, 2011 em Contingência

::

EP

KEANE

Publicado: agosto 30, 2011 em Contingência

Por Paulo Pastore:

Banda bacana:

::

Bom, falando de Keane, há muita coisa que se falar. Trilha sonora de uma viagem insólita ao sul do mundo.

CoVeR:

Uma das melhores:

Cover X Cover

Publicado: agosto 30, 2011 em Contingência

Tem muita gente que não gosta de cover pela falta de originalidade, mas e quando uma banda foda faz uma versão de músicas fantásticas?

Gorillaz X The XX

Dá pra ficar na dúvida de qual é melhor versão, se o cover ou o original…

The XX X Florence and The Machine

A versão ficou a cara do XX, musica pra ouvir, relaxar e ficar viajando!
Por fim, um cover excelente de Oh Darling!, faz lembrar a versão de Across the Universe!
Florence and The Machine X The Beatles
::
Por Cecília Lindgren

Um Fim

Publicado: agosto 23, 2011 em Contingência

Se fosse para escrever um roteiro fulêro,  seria assim: no final tudo dava errado, um cara arruinado com seu chapéu miserável perderia a mulher, o negócio, e lhe restaria ficar bebendo, esperando um incêndio ou então o mundo acabar. Tanto faz.

E seria assim, ao som de Band of Horses:

::

Eduardo Pastore

A boa Athlete

Publicado: agosto 23, 2011 em Contingência

Continuando a sequência jabá da Tirania sem exclusividade para aparições, calhou que o Athlete pousou na trilha sonora oficical Pastore para academias, e teve como fim virar um post de segunda-feira.

Nunca mais ouvi falar desses caras, parece que o último álbum foi em 2009. Não ouvi nada além do primeiro de 2003. Os críticos da época falavam em bobajadas generalizadas, do tipo “britpop é dividido em duas correntes, uma preconizada pelos hinos, cujos líderes eram os Oasis, e outra pela vertente jazzistíca, encabeçada pelos Radioheads”.

Uma classificação fajuta, como todas são, aliás. Vá gostar de fuleragem assim lá na casa do chapéu. Falta do que escrever. O que importa é som na caixa, DJ.

El Salvador

Vehicles & Animals

::

Eduardo Pastore

Beirut novo?

Publicado: agosto 15, 2011 em Contingência

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

O Beirut lançou o álbum The Rip Tide – já dá para ouvi-lo por aí na rede.

O melhor mesmo é ouvir numa rede pendurada entre dois coqueiros e defronte à arrebentação. Tive a chance de pegá-los num festival em Recife, em 2009, e surpreedentemente, o Beirut combina com o clima praiano, rasgando o calor com seus solos de trompete ensolarados.

Os mesmos recifenses que um dia eu vi entoarem os refrãos de Otto a plenos pulmões, receberam estasiados a trupe de Zach Condon, o qual estava no terceiro show da turnê brasileira, e por minha sorte já não ia com tanta sede ao pote da caipirinha. Foliões do RJ e de São Paulo reclamaram da incontinência etílica do marmanjo.

Aparentemente (ainda não escutei tudo), tem tudo para ser outro bom álbum desta boa banda.

A Candle’s Fire

Port of Call

East Harlem live

::

Eduardo Pastore

Segunda-feira

Publicado: agosto 15, 2011 em Contingência

Bom, como o contrato de jabá da Tirania não tem cláusula de aparição das atualidades, por que não começar a semana com Roger Waters, se divertindo até as tampas em plena manhã de segunda-feira?

::

Eduardo Pastore

Trilhas de todos os tempos

Publicado: agosto 12, 2011 em Contingência

Ofício antigo já, tem a mesma idade que a careca do topo desta cabeça. Ofício não é bem a palavra, talvez seja melhor definir como teimosia, às vezes presto mais atenção na trilha sonora do que no filme, porque o que sou obrigado de ver filme ruim não tá no papel. Algum dia crio coragem e levanto no meio da sessão, e invado outra qualquer.

Mas o bom mesmo é quando a trilha casa com o filme, ou melhor, filme e trilha se apaixonam.

Chega de enrolação, abrindo logo a coluna com  Michael Mann, na trilha do seu excepcional HEAT, ou FOGO CONTRA FOGO. Excepcional talvez seja pouco, porque o que o cara fez mesmo foi um dos melhores filmes de ação de TODOS OS TEMPOS. Veja bem, o cara faz coisas dessas há um bom tempo, remando contra a maré das bagaceiras lançadas todos os finais de semana na bilheteria. Só para ficar com alguns: O Informante, Colateral e Miami Vice.

Para fazer cenas de tiroteio então, nem se fala, ele vai de câmera no ombro mesmo e sai correndo atrás do pescoço do ator. Coisa de louco.

Essa música aqui é o final do filme, quando Al Pacino está perseguindo Robert de Niro num aeroporto, de noite, cheio de sombras. De arrepiar.

Por conta de outro careca, o Moby.

::

Eduardo Pastore

Miscellaneous – II

Publicado: agosto 10, 2011 em Contingência

Coletânea de sugestões dos amigos.

::

Ian Schechtman

Vacones,

esse Passion Pit me lembrou o TV on the Radio, umas das bandas mais fantásticas da atualidade!
Will do –>Essa é do último CD, mas é um pouco diferente do resto deles. Sugiro escutar Wolf Like Me, Ambulance e Halfway Home, cada uma de um dos outros CDs!
::
Marcelle Chaves
Bitcho, passei o dia com Robert Johnson rodando na vitrola…
Ele já passou pela Contingência?
::
Paulo Pastore
Música nova do Beirut e previsão de album em agosto: